• Ative
  • 20/02/2021

Modificações em veículos PCD: rampas, plataformas e bancos | Rampas de acesso e plataformas elevatórias, por exemplo, são acessórios extras muito úteis para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

Modificações em veículos PCD: rampas, plataformas e bancos

Além de adaptações em volante, freio e acelerador, os veículos PCD, podem ainda ter a instalação de outros itens para viabilizar o transporte de pessoas com deficiência.

Rampas de acesso e plataformas elevatórias, por exemplo, são acessórios extras muito úteis para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Lembrando que para se acomodar confortavelmente uma pessoa que utiliza cadeira de rodas, é essencial que o veículo tenha um bom espaço interno, porta-malas amplo facilitando o transporte da cadeira, e a altura do automóvel em relação ao solo deve ser adequada.

Existem também bancos giratórios, criados para facilitar o acesso de pessoas deficientes ao veículo. Eles giram 90º em relação à porta do carro e são acoplados a uma base especial.

Há ainda outros projetos especiais, elaborados para atender às necessidades de pessoas, como quem tem baixa estatura ou quem dirige apenas com os pés.

Vidros elétricos, comandos por voz e integração a dispositivos móveis são exemplos de acessórios extras.

Lembre-se que todas essas modificações precisam ter autorização prévia do Detran ( código 1022), devendo sempre ser executadas por empresas com experiência e especializadas no assunto e para se ter certeza que tudo está em acordo com a legislação e conseguir formalizar no documento do veículo essas modificações, é necessária a inspeção de segurança veicular.

O #grupoative, atua há 21 anos no ramo de inspeção de segurança veicular, com corpo técnico qualificado, sempre atualizado e preparado para as mudanças num mercado em constante evolução.

Voltar para UM LUGAR CHAMADO TRÂNSITO